0 C
Franca, BR
dezembro 2, 2020
Agroindustria Gestão Rural Pecuária Uncategorized

Presidente da FAESP convoca produtores para campanha de vacinação contra aftosa

O Brasil é reconhecido como país livre de febre aftosa com vacinação

O Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo, Fábio Meirelles convoca os produtores paulistas para a vacinação contra a febre aftosa, que teve início no dia primeiro de novembro e se estenderá até o dia 30 de novembro. Meirelles afirma que a vacinação contra febre aftosa é obrigatória. E acrescenta: Não deixe de vacinar!

Deverão ser vacinados bovinos e bubalinos com zero a 24 meses de idade. A expectativa é que 4,5 milhões de animais sejam vacinados nesta campanha.

Neste ano, a vacina contra a febre aftosa teve a sua dose reduzida de 5 ml para 2 ml. Um dos principais objetivos na mudança da dosagem foi o de menor volume de óleo mineral, com consequente redução de reações alérgicas nos animais. Outra medida relevante foi a retirada do sorotipo C.

O criador deve se organizar para fazer a vacinação dentro do prazo estabelecido pela legislação, ou seja, de 01 a 30 de novembro, e tem até o dia 7 de dezembro para comunicar a vacinação ao órgão oficial de Defesa Agropecuária de sua região.

O Brasil é hoje reconhecido como país livre de febre aftosa com vacinação e busca, por meio das ações do PNEFA (Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa) alcançar o status de país livre de febre aftosa sem vacinação.

Fonte: FAESP/SENAR

Related posts

Governo assina MP com medidas econômicas para ajudar produtores rurais

Fabrício Guimarães

Quando colocar os animais no pasto?

Fabrício Guimarães

Relator da Lei Kandir diz que agronegócio continuará isento de ICMS

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário