0 C
Franca, BR
março 9, 2021
Política Rural

Governo anuncia alta no ICMS (Imposto sobre circulação de mercadorias e prestação de serviços) para 2021

Em janeiro de 2021 as alíquotas do ICMS terá alta, refletindo diretamente no aumento da carga tributária, o objetivo deste aumento é ajustar as contas do Estado de São Paulo em função da pandemia, a Secretaria da Fazendo do Estado publicou alguns ajustes que implicará em um aumento de até 207% no ICMS.

Alguns setores serão impactados, veja: 

  • Veículos novos e usados;
  • TVs por assinatura;
  • Refeições;
  • Móveis;
  • Saúde e construção.

A partir de janeiro de 2021 essas alíquotas do ICMS terão consideráveis elevações tornando ainda mais pesadas as cargas tributárias. O que não é um ponto  positivo principalmente pela situação que estamos vivendo, pois, provavelmente a maioria dos estabelecimentos repassarão esse aumento para o consumidor, encarecendo o preço desses produtos e serviços.

O que é ICMS?

ICMS significa Imposto sobre circulação de mercadorias e prestação de serviços de transporte interestadual e intermunicipal e de comunicação. Ele é um tributo estadual os valores são definidos pelos estados e Distrito Federal.

ICMS

Em 16 de outubro de 2020 foram publicadas diversas normas alterando a legislação do ICMS, com a finalidade de aumentar a arrecadação. Essas medidas de ajuste fiscal e equilíbrio das contas públicas é em decorrência a pandemia do Covid-19.

De acordo com os decretos 65.252/2020, 65.253/2020, 65.254/2020 e 65.255/2020 têm o objetivo de aumentar a arrecadação de impostos, para superar o prejuízo ocasionado pela crise.

Portanto é nítido que vários desses decretos serão o aumento desses tributos, tornando ainda mais complicado as finanças das empresas em meio a crise.

De acordo com as ações previstas pelos decretos,  está prorrogado para até 31 de dezembro de 2022 do prazo final de determinados benefícios, sendo:

  • A redução do percentual de alguns benefícios;
  • Aumento das alíquotas com mercadorias por dois anos.
  • O mesmo está prevista para vigorar por dois anos, ou seja, até 15 de janeiro de 2023.  Por: Laís Oliveira

Related posts

Produtores de café e governo discutem medidas para garantir preço remunerador

Fabrício Guimarães

Projeto Monitor do Seguro Rural irá avaliar grupo de oito frutas

Fabrício Guimarães

Agricultura digitaliza procedimentos para registro genealógico de animais

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário