0 C
Franca, BR
abril 20, 2021
Agricultura Cursos e Palestras Eventos

FAMCAFÉ ESPERA RECEBER 5 MIL VISITANTES

A Prefeitura de Franca, em parceria com a Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogiana, promoverá a 3ª edição da FamCafé. Com o objetivo de integrar toda a cadeia produtiva de cafés especiais, do produtor ao consumidor final, a feira acontece do dia 8 a 10 de outubro, das 14 às 21 horas no Dan-Inn Hotel e com entrada gratuita.

Com um investimento de R$ 340 mil do município, são esperados este ano cerca de 5 mil visitantes durante os três dias de evento. A feira segue crescendo mais a cada edição, com pouco mais de mil visitantes em 2017 e 4 mil no ano passado, com uma grande participação do setor cafeeiro de toda a região.

A Alta Mogiana é composta por 23 municípios, sendo 15 deles paulistas e 8 mineiros. Ainda assim, é provável a participação de cafeicultores de outras cidades, a âmbito nacional. “Hoje temos que enxergar Franca como polo regional do café. É uma oportunidade para atrair investimentos e fornecer mercadorias e serviços para os municípios vizinhos”, disse João Jacintho, da Secretaria de Desenvolvimento.

Além de divulgar o trabalho realizado pela cadeia cafeeira, do plantio até o consumo, a Famcafé tem como intuito promover a negociação entre produtores e o setor maquinário. Para atrair ainda mais participações, serão ministrados cursos para aperfeiçoamento no preparo de café e concurso de drinks entre as cafeterias presentes, nas modalidades alcoólicas e não alcoólicas.

Interação

Juntamente com a Famcafé, acontece o 8° Seminário de Meliponicultura e 2° Fórum de Apicultura de Franca. O objetivo é promover interação entre as cadeias produtoras de mel e derivados e dos Produtores de Cafés, inclusive com a prestação de serviços para polinização das lavouras através da locação de colmeias. Esta oportunidade garante maior visibilidade para ambos os setores e para a região da Alta Mogiana.

Related posts

É AMANHÃ!!!

Fabrício Guimarães

Como serão as máquinas agrícolas do futuro na visão do presidente da Case

Brasil exporta 3,2 mi sacas em setembro; melhor resultado em 5 anos

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário