0 C
Franca, BR
abril 16, 2021
Agricultura

Diferenças entre Cercosporiose e Leprose, em folhas e frutos de cafeeiros

J.B. Matiello, S.R. Almeida e Lucas Bartelega  – Engs Agrs Fundação Procafé

Cercosporiose e leprose são duas doenças em cafeeiros que, ambas, atacam folhas e frutos, porém possuem origem e sintomas bem diferenciados, embora muitos ainda confundam essas doenças,  especialmente quanto às lesões provocadas em frutos. 


A cercosporiose é uma doença de plantas enfraquecidas, seja  por stress nutricional (principalmente por carência de N) seja por stress hidrico, com maior gravidade  em plantas com carga alta, em variedades de menor vigor e as de maturação precoce  e nas regiões mais quentes. As folhas atacadas apresentam lesões tipicas com centro claro e halo amarelado ou, então, uma lesão circular escura, sem halo, no caso da cercospora negra, quando de deficiência grave de P. Nos frutos as lesões aparecem inicialmente pequenas e de cor escura, crescendo em seguida, sendo mais comuns na face dos frutos batida pelo sol.


Nesse ultimo ano agricola a cercosporiose se mostrou mais grave, devido à prevalência de condições favoráveis, como  seca, calor, stress hidrico, o atraso nas adubações e pulverizações, depois excesso de chuvas, com lavagem dos nitrogenados em profundidade. Além disso, os programas de controle quimico da ferrugem, também empregados para o controle da cercosporiose, tem reduzido o uso de fungicidas cupricos.


Na leprose as lesões em folhas são muito diferentes, são anéis cloróticos e, raramente provocam necrose no tecido foliar. As folhas mais atacadas são as situadas internamente nas plantas. Nos frutos verdes as lesões são de formato irregular e de cor marron claro e nos frutos maduros não ocorrem lesões, apenas acontecem mudanças de coloração, formando anéis amarelados, também praticamente sem necrose.


Um outro tipo de lesões em frutos de café maduros,  que pode estar confundindo o pessoal em campo, é o que chamamos de “manchas marrons”. Trata-se de um grande numero de micro-lesões, de cor marron, que aparecem na época de amadurecimento dos frutos, especialmentre nos de coloração amarela. Neste caso, as pequenas lesões ou pontos marrons são provocados pela incidência de sol, provavelmente pelo rompimento de células da casca dos frutos de café, à semelhança  do que ocorre m outros tipos de frutos. A correlação do sintoma com a insolação pode ser facilmente verificada, pois ao virar o ramo com os frutos, os pontos marrons se encontram ausentes nos frutos da parte de baixo do ramo, não batida diretamente pelo sol.


A correta identificação dos problemas de doenças no cafeeiro é importante, com vistas à indicação da forma mais adequada ao seu controle.

Related posts

Pressão do agronegócio faz Doria recuar em ajuste fiscal

Fabrício Guimarães

O que são as notas sensoriais que estão descritas no meu café?

Fabrício Guimarães

EDR-Cati Franca e COCAPEC realizaram reunião técnica sobre o Impacto dos Nematóides na cafeicultura da Alta Mogiana

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário