0 C
Franca, BR
novembro 21, 2019
  • Home
  • Agricultura
  • CPD Consultoria e Agely lançam sistema de gestão para o produtor rural
Agricultura Agroindustria Eventos Gestão Rural

CPD Consultoria e Agely lançam sistema de gestão para o produtor rural

Programa voltado para o agronegócio permite o gerenciamento de todas as atividades de uma fazenda e prevê custo detalhado e real da safra; lançamento acontece durante a Famcafé, em Franca

 A CPD Consultoria Empresarial, em parceria com a Agely Soluções em Tecnologia, lança nesta semana, durante a 3ª edição da Famcafé (Feira da Alta Mogiana da Cafeicultura de Qualidade), um sistema de gestão específico para o agronegócio, que leva tecnologia para o campo. O ERP (software de gestão integrado) permite que o produtor gerencie todas as atividades da fazenda, do plantio à comercialização, como a administração de uma empresa, gerando economia no final da safra.

“Atuamos na implantação de gestão nas fazendas da região da Alta Mogiana há mais de três anos, transformando a administração doméstica em profissional. Neste processo sempre usamos ferramentas tradicionais, mas ao conviver com as demandas e carências dos produtores decidimos inovar lançando mão de recursos tecnológicos exclusivos”, diz Jean Dunkl, especialista em gestão estratégica de negócios e sócio-fundador da CPD Consultoria Empresarial.

Há um ano em Franca, a Agely – que tem sede em São Sebastião do Paraíso (MG) – atua com foco em inovação. Com experiência no atendimento a armazéns de café e indústrias de diversos segmentos, a empresa adequou o seu sistema de gestão para a necessidade do produtor rural, de acordo com a demanda levantada pela CPD.

O ERP é resultado dessa parceria inédita. Um sistema responsivo, com aplicações mobile, 100% de armazenamento em nuvem, desenvolvido inicialmente para atender fazendas de café, mas que pode ser adaptado para qualquer cultura. Dentre as suas funcionalidades está o controle de estoque e insumos, comparativo entre as áreas, cadastro de fornecedores, clientes, vendedores, transportadoras, entre outros, parte contábil e financeira, como contas bancárias, contas a receber e a pagar, retorno de investimento, relatórios que geram o custo detalhado e real da safra.

“São muitas ferramentas disponíveis no programa, que é simples e de fácil manuseio. Uma que destaco é o ponto eletrônico com GPS, onde o motorista do trator com o celular na mão faz uma foto e já envia com a localização da área onde está trabalhando”, diz Rafael Zanin, gerente de Relacionamentos/SP da Agely.

Segundo o especialista da CPD, profissionalizar a gestão de uma fazenda, com tecnologia e conceitos da administração, significa transformar a propriedade em um negócio produtivo e rentável. “O ciclo da cultura de café tem duração de um ano. Quando o produtor consegue enxergar o custo detalhado, passo a passo, ele melhora os processos e a lucratividade. No final da safra ele tem indicadores precisos, por exemplo, como entrou e saiu o dinheiro, quanto custou cada pé de café, o preço por talhão, por área ou peso, enfim, que vão norteá-lo no próximo ciclo, com mais acertos e resultados”, explica Jean.

A Famcafé acontece de 08 a 10 de outubro, das 14 às 21 horas, no Hotel Dan Inn Franca, com entrada gratuita. A feira é promovida pela Prefeitura de Franca e pela Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogiana, com o objetivo de integrar toda a cadeia produtiva de cafés especiais, do produtor ao consumidor final.

Fonte: Fernanda Martins

Related posts

Agricultura Familiar muda de Ministério e acarreta mudanças no formato do Selo Nacional da Agricultura Familiar

Fabrício Guimarães

Aumento do etanol não está relacionado aos produtores, diz Unica

Fabrício Guimarães

Tereza Cristina se reúne com seguradoras para discutir seguro rural

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário

Login

X

Resgistrar