0 C
Franca, BR
junho 18, 2021
Agricultura Eventos

COOPERCITRUS movimenta R$ 389 milhões durante balcão do agronegócio

A Coopercitrus registrou um total de R$ 389 milhões em negócios durante o Balcão do Agronegócio, realizado de 25 a 29 de janeiro em todas as unidades da cooperativa. O volume representa um aumento de 66% em comparação à edição de 2020, que movimentou R$ 234 milhões. A ação comercial, já tradicional no calendário da cooperativa, tem o intuito de auxiliar os produtores rurais no planejamento do ano agrícola e incentivá-los a anteciparem suas compras, ofertando produtos e serviços com condições exclusivas, pagamentos e linhas de créditos especiais. “Os principais resultados foram em fertilizantes, em razão das perspectivas de altas nos preços, mas todos os setores tiveram bons resultados, como defensivos, máquinas e sementes. Isso demonstra que o produtor aproveitou para garantir seu cronograma de produção”, comenta o CEO da Coopercitrus, Fernando Degobbi. Para que todos os cooperados pudessem aproveitar as condições e efetivar as negociações, as equipes técnica e comercial da cooperativa realizaram atendimentos remotos com um total de 9.200 pedidos emitidos on-line, assegurando agilidade na comercialização, e presenciais, seguindo todos os protocolos de segurança. Esse resultado reflete a evolução dos processos tecnológicos da cooperativa, que há alguns anos investiu na implantação de um moderno sistema gerencial, teve uma experiência positiva durante a Coopercitrus Expo Digital, em 2020, e segue sempre investindo para atender cada vez melhor o produtor rural. As edições do Balcão do Agronegócio acontecem sempre no mês de janeiro, momento oportuno para o produtor rural. Realizada todos os anos desde 2010, simultaneamente em todas as unidades da Coopercitrus, a ação disponibiliza todo portfólio de produtos e serviços indispensáveis para a produção agropecuária.

Related posts

Bahia vai exportar café da agricultura familiar para a China

Fabrício Guimarães

Boas Práticas Agrícolas: aumento da eficiência produtiva com melhor custo-benefício

Fabrício Guimarães

Desconhecimento dificulta análise de informações que a agricultura de precisão possibilita

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário