0 C
Franca, BR
maio 16, 2021
Agroindustria Eventos Pecuária

Circuito Nelore já avaliou quase 20 mil animais em 2019; Andradina-SP recebe penúltima etapa do ano

A unidade Friboi de Andradina, em São Paulo, está recebendo nesta quarta-feira (13), a 25ª etapa do ano do Circuito Nelore de Qualidade, a penúltima de 2019. Aproximadamente 700 animais participam do evento. As carcaças são avaliadas pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) em parceria com a Associação Paulista dos Criadores de Nelore (APCN). O Circuito também conta com o apoio da própria Friboi e da Matsuda Sementes e Nutrição Animal.

“Depois de passar por Lins, a realização de mais uma etapa do Circuito Nelore fortalece a pecuária paulista, contribuindo ainda mais com o desenvolvimento da produção de carne bovina de qualidade no estado”, celebrou o presidente da APCN, Gustavo Ribeiro, em comunicado oficial divulgado.

Em participação no Giro pelo Brasil nesta quarta, o gerente de originação da unidade Friboi em Andradina-SP, Vanderlei de Oliveira, destacou a qualidade dos animais selecionados pelos produtores para a avaliação de carcaças. “O pessoal caprichou no gado, caprichou na idade, no acabamento, vai ser uma disputa boa. […] Quero agradecer a todos os neloristas da região e do Brasil. […] E mais do que participar, é (importante) trocar ideia e experiências entre os parceiros que estão aqui e fazer a divulgação da raça, da carne de qualidade. Isso é o mais importante para toda a cadeia de neloristas do Brasil”, disse Oliveira.

Até o início da etapa de Andradina, a ACNB já contabiliza mais de 19 mil carcaças avaliadas, cumprindo metas e atingindo números recordes, qualificou a associação. “Após 24 etapas, foram avaliados mais de 19 mil animais. Isso mostra o empenho dos produtores na produção de carne de qualidade, atendendo aos mercados mais exigentes”, confirmou o gerente executivo da ACNB, André Locateli.

Fonte: Giro do Boi

Related posts

Com clima ruim, safra de café do Brasil não baterá recorde em 2020, dizem produtores

Fabrício Guimarães

A cotação da arroba do boi gordo está subindo

Fabrício Guimarães

ENDIVIDAMENTO NA SAFRA 2018/2019 CRESCE 13% COMPRESSÃO DE DÓLAR E MOAGEM MENOR

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário