0 C
Franca, BR
abril 20, 2021
Pecuária

BCZ recebe visita de consultora do projeto Geoparque Uberaba

A Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) recebeu nesta terça-feira (10) a visita da geóloga e consultora do Geoparque Uberaba, Flávia Fernanda de Lima. A especialista curitibana estava acompanhada de membros da governança do projeto, incluindo o conselheiro da ABCZ, Luiz Carlos Borges Ribeiro. O objetivo da visita foi apresentar mais detalhes do trabalho desenvolvido pela ABCZ, como também o Parque Fernando Costa, um dos sítios históricos contemplados no projeto que promete potencializar ainda mais a vocação turística de Uberaba (MG).

“A Flávia é um consultora internacionalmente reconhecida por implantar projetos de Geoparque, como também avaliar esse tipo de projeto pela Unesco, que é a entidade que chancela essas iniciativas. Por meio de mais uma parceria com as entidades que compõem o consórcio montado para o desenvolvimento do Geoparque Uberaba, conseguimos trazê-la ao município para essa consultoria. Especificamente sobre essa visita e o sítio histórico e cultural da ABCZ, estamos falando do ponto de partida desse projeto, já que aqui é que foi assinado o Protocolo de Intenções para a implantação do Geoparque Uberaba. Além disso, esse é um sítio referência no município, porque já reúne em sua estrutura todos os requisitos que a Unesco avalia para a chancela de um Geoparque”, destaca Ribeiro.

Durante a visita, a consultora foi recebida pelo presidente da ABCZ, Rivaldo Machado Borges Júnior, o superintendente Geral da entidade e presidente do Conselho Curador do Museu do Zebu, Jairo Machado Borges Furtado, e o gerente do Museu do Zebu, Thiago Riccioppo. Além do encontro com os gestores, a comitiva do projeto também percorreu o Parque Fernando Costa.

“É perceptível que temos aqui muitos elementos para desenvolvermos o projeto Geoparque, e sem dúvida nenhuma, toda essa estrutura, como também a história e a importância que do Zebu para a região e para o Brasil, são marcas muito fortes dessa identidade. E isso é justamente um dos critérios que a Unesco nos coloca para que a gente desenvolva e promova o Geoparque”, destaca Flávia.

Related posts

Mangalarga marchador: pesquisa inédita analisa importância de selas personalizadas

Fabrício Guimarães

Acidose ruminal pode prejudicar bovinos confinados

Cuidados importantes com leitões recém-nascidos

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário