24.2 C
Franca
setembro 17, 2021
Agricultura

Agronegócio e setor de serviços lideram criação de emprego em junho

Campo abriu 22,7 mil novas vagas, com destaque para a laranja, soja e funções de apoio à agricultura

O setor agropecuário contribuiu para que a criação de novos empregos em junho tivesse o melhor resultado no mês em seis anos, avaliou nesta quinta-feira (25/7) a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).De acordo com dados divulgados hoje pelo Ministério da Economia, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o agronegócio foi o segundo setor que mais gerou saldo positivo de postos de trabalho no mês passado, com abertura de 22,7 mil vagas.

“Isso mostra cada vez mais a importância do setor na geração de renda e emprego no Brasil, com 46% da expansão de vagas em junho e 18% no acumulado do ano”, explica o assessor técnico do Núcleo Econômico da CNA, Paulo Camuri.As atividades dentro do agro que mais se destacaram em junho foram o apoio à agricultura, laranja e soja. São Paulo foi o Estado que mais teve expansão de vagas formais de emprego no setor.

No acumulado de 2019 (janeiro a junho), os postos de trabalho criados totalizam 408,5 mil, também o melhor resultado desde 2014. As áreas que mais aumentaram os postos de trabalho foram: serviços (272,7 mil), agropecuária (75,3 mil), indústria de transformação (69,2 mil) e construção civil (57,6 mil).

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO

Related posts

Colégio FECAP monta minijardim com cápsulas de café

Fabrício Guimarães

Produção de cafés especiais

Fabrício Guimarães

Retardadores de amadurecimento na cultura do café

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário